Buscar
  • Conteúdo Adejo

Sustentação 360°: o que é e como implementar em seu negócio

Você sabe o que é a sustentação 360º? Trata-se de uma dúvida bastante pertinente, pois refere-se a um termo técnico e ele é muito importante para o cotidiano de empresas de diferentes segmentos e portes de mercado.



De maneira resumida, a sustentação 360º faz referência à solução mais completa do mercado para suportar as suas operações fiscais, tributárias e também uma solução inovadora visando otimizar o comércio exterior. Vale destacar ainda que o atendimento é modular e desenvolvido sob medida para cada empresa.


Imagino que você deva estar interessado em saber mais sobre o tema. Pensando nisso, neste conteúdo destacaremos o que é o escopo 360º e também informaremos qual a proposta técnica da sustentação 360º. Continue com a gente.


O que é o Escopo 360º?

O escopo 360º é dividido em diversas etapas e se caracteriza pelo fato de ser uma solução modular, ou seja, apresenta diversos módulos. Trata-se, portanto, de uma ferramenta com várias funcionalidades e certamente vai atender as necessidades do seu negócio.


O escopo 360° é composto por quatro etapas principais: monitoramento, operação, AMS e quality. Vamos destacar sobre esses conceitos ainda neste conteúdo.


Qual a proposta técnica da Sustentação 360º?

A proposta técnica da Sustentação 360º baseia-se em diversos módulos e eles apresentam várias funcionalidades. Por meio dessa solução, os gestores terão uma visão abrangente em relação às necessidades do negócio.


Desse modo, você terá uma visão completa sobre as operações fiscais e tributárias. Informaremos sobre os módulos oferecidos por essa solução para que você tenha um melhor conhecimento em relação ao tema.


Monitoramento

Essa fase da sustentação 360º tem como objetivo fazer o monitoramento, a antecipação e a homologação. Por meio dessa prática, torna-se possível aplicar as atualizações pertinentes do seu empreendimento.


O monitoramento é um dos módulos mais abrangentes e esse escopo tem as seguintes etapas:

  • Acompanhamento técnico: nós da Adejo monitoramos as atualizações dos sistemas da Thomson Reuters e isso é feito de acordo com as necessidades das operações do seu negócio. Por meio desse monitoramento, torna-se possível definir um plano de atualização de sistemas fiscais de maneira recorrente;

  • Atualização técnica: nessa etapa, a Adejo se encarrega por fazer o processo de atualização técnica dos sistemas da Thomson Reuters. Por meio dessa prática, torna-se possível evitar erros ou bugs no sistema e também corrigir os gargalos existentes;

  • Homologação de atualizações: nesse momento, as atualizações são consolidadas e validadas. Caso seja identificado algum erro, a Adejo ficará encarregada em fazer a correção junto ao responsável pelo sistema.

AMS

No AMS, o principal objetivo é suportar tecnicamente as rotinas operacionais. O help desk é a principal etapa e ela se responsabiliza por fazer o suporte das soluções desenvolvidas o Thomson Reuters. Os atendimentos são feitos remotamente.


Quality

Essa fase funciona de maneira complementar em relação às anteriores. Nesse momento, são gerados diversos indicadores para garantir uma melhor gestão e uma melhor qualidade dos processos.


Essa parte do escopo da Sustentação 360º é dividida nas seguintes etapas:

  • Melhorias: a Adejo e encarrega por fazer melhorias no sistema para melhorar a usabilidade do software. Entre elas estão a implantação de novos módulos e novas funcionalidades, e também o desenvolvimento de processos customizados;

  • Capacitações e treinamentos: ambos são fundamentais para proporcionar um melhor aprendizado ao utilizar o sistema;

  • Book SLA: a Adejo também se encarrega em elaborar todos os meses, os indicadores em relação ao status do contrato de Sustentação 360º. Vale destacar que o book SLA fornecer informações relevantes como os tipos e erros, o histórico de consumo, chamados com terceiros etc. Todos esses dados são valiosos e farão a diferença para otimizar os processos na sua organização.

Fluxo de atendimento

O fluxo de atendimento é outra etapa fundamental nesse processo. Por meio dessa etapa, torna-se possível ter conhecimento mais preciso em relação à produtividade e o desempenho das companhias. Esse módulo conta com as seguintes etapas:

  • SLA: também conhecido como acordo de nível de serviço, essa prática faz referência a um compromisso assumido por um prestador de serviços para fazer entregas específicas em prazos estipulados. O SLA varia conforme cada tipo de chamado;

  • Indicadores SLA: por meio dos indicadores torna-se possível verificar se os SLAs estabelecidos anteriormente foram ou não cumpridos. Por esse motivo, é muito importante acompanhá-los periodicamente. Caso os resultados não sejam os esperados, torna-se possível desenvolver planos de ações com o objetivo de resolver eventuais gargalos existentes nos processos da sua empresa.

  • Bonificação e penalização: as bonificações e as penalizações acontecem de acordo com os níveis de serviços executados em cada demanda específica.

Como é possível perceber, a sustentação 360º é um conceito cada vez mais útil para empresas dos mais variados portes e segmentos de mercado. A ferramenta conta com diversos módulos, um atendimento direcionado e pronto para atender as necessidades do seu negócio. Considerando as funcionalidades mencionadas, vale muito a pena implementar essa ferramenta na sua empresa.


Você gostou deste conteúdo na qual destacamos o que é e como implementar sustentação 360º no seu negócio? Entre já em contato com a gente e veja como podemos ajudar no crescimento da sua empresa no mercado. Não perca essa grande oportunidade!

5 visualizações0 comentário