• Conteúdo Adejo

A transformação digital no Agronegócio

Atualizado: Out 25



O Agronegócio tem se destacado durante a pandemia com crescimento de 5% no PIB nos primeiros cinco meses de 2020, um forte constraste com a retração forte da economia de uma forma geral. Segundo o IBGE, a Agropecuária foi a única atividade econômica nacional que cresceu no primeiro trimestre de 2020.


Por trás desse crescimento temos produtos essenciais, a desvalorização cambial que oxigena o agronegócio e adiciona competitividade dos produtos brasileiros em várias cadeias, onde aconteceram exportações recortes, por exemplo: da soja em grão, a carne bovina, o açúcar entre outros. Todo crescimento também aconteceu, por que a China estava vivendo uma crise de peste bovina. Tudo isso se traduziu em um crescimento robusto e o Agronegócio representa hoje 53% das exportações Brasileiras.


Olhando para esse panorama atual, especialistas indicam que o futuro desse crescimento é cada vez mais promissor e a transformação digital será um elemento fundamental, por isso muitas empresas do ramo já estão buscando evoluir com a ajuda da transformação digital.


Olhando para um passado próximo a agropecuária investiu bastante para reduzir cada vez mais a mão de obra agrícola e passou a fazer tudo de forma mecanizada, em contrapartida investiu pouco em logística, frete para entregar seu produto, etc. Quando se começou fazer a mecanização do processo passou-se a ter outros tipos de problemas, como por exemplo manutenção, insumos, e logística.


Nessa transformação de vinte anos atrás foram necessárias muitas mudanças: na gestão das empresas, o modelo de negócio e habilidades das pessoas para conseguir atender esse novo modelo. A mesma coisa começou acontecer agora com a transformação digital, com ela muitas competências que não existem precisaram ser adquiridas e claro outros desafios começaram a surgir.

Colocar uma rede que lê em tempo real seus equipamentos e conseguir a melhor eficiência na operação, o uso de Big data e Internet das coisas (IoT) exigirá naturalmente outra soluções que não só equipamentos, habilidades, mentalidades diferentes, mas também soluções diferentes do qual você não é proprietário da tecnologia.


O setor do agronegócio está passando por essa transformação digital, e a perspectiva do setor é estar sempre na frente dessas transformações. A pandemia só fez acelerar esse cenário que já estava no radar dos grandes players do setor, eles aos poucos perceberam que era necessário não só passar pela transformação digital mas acima de tudo, considerar a inovação como principal aliada para resolver problemas e proteger sua operação. Muitas empresas buscaram planos de contingencias para contornar a pandemia e conseguiram com maestria não só sobreviver a esse momento como também se destacar e sair na frente.


Como a operação agrícola tem se destacado com plataformas digitais em seu processo de produção


Na operação agrícola as plataformas digitais conseguem ter uma rede com todos os seus equipamentos conectados com a Internet das coisas (IoT) é possível acompanhar em tempo real toda sua operação. Isso permite que as empresas possam ter insights para melhorar os processos, ou até mesmo prever uma quebra de equipamento antecipadamente, pela análise estatística em razão de um atributo, podendo programar a manutenção de forma a não ter que parar a sua operação.


Assim é possível monitorar a eficiência da operação, manutenção, logística, todas as informações aumentam a capacidade de eficiência do campo tornando a empresa mais competitiva e mais efetiva frente aos ativos mais importantes: equipamentos, pessoas, recursos e cultivo.


Além de utilizar os dados coletados na produção também é possível usar toda essa massa de informações para gerar mais receita e atributos ao seu negócio, para assim tornar a empresa mais competitiva e sustentável.


Também é possível gerar novas receitas que não são parte do Core Business da empresa com a riqueza de informações do mundo agrobusiness, com outras empresas interessadas nas informações geradas, por exemplo empresas de tecnologia e pesquisa.


Para acompanhar toda transformação digital o agronegócio também teve que encontrar soluções que atendessem comercio exterior para exportar suas mercadorias de forma assertiva e em compliance.


Vantagens do big data e a análise de dados para o comercio exterior:


O big data, é uma das ferramentas mais inovadores para o setor, com análise de informações e os cuidados que envolvem o armazenamento e uso de dados, entenda as vantagens:

  • Identificar qualidades que podem ser ressaltadas na hora de anunciar um serviço com a análise de dados;

  • Geração de insights para apresentações de propostas comerciais, que interessam perfis de clientes específicos;

  • Uso do big data para avaliar as melhores chances de resolver problemas de envio, com menor impacto possível na entrega;

  • Avaliação das interações do cliente com a empresa em grande escalas. Além de também observar outros dados de concorrentes e de mercado.

O big data pode ajudar o comércio exterior com análises de onde os produtos estão localizados, descobrir rapidamente ou até mesmo prever problemas na cadeia de abastecimento e providenciar de modo ágil planos para solucionar problemas.


Essas são apenas algumas das vantagens do trabalho com big data. Com as otimizações possíveis desse recurso, há até mesmo a possibilidade de aumentar margens de lucro e agilizar prazos de entrega. Isso é um diferencial extremamente relevante em um mercado tão competitivo como o atual.

O ONESOURCE Global Trade é uma ferramenta que pode auxiliar a solucionar a complexidade que envolve o Comércio Exterior e aproveitar as tecnologias mais modernas no setor. Essa aplicação é focada no gerenciamento e automação de Comércio Exterior global e oferece controle de ponta a ponta para eficiência, desempenho e menores custos. Sempre orientando os usuários em cada etapa dos processos.


Saiba como a Adejo pode te ajudar na transformação digital para comércio exterior

A Adejo é uma consultoria de serviços com expertise em soluções para comércio exterior. Por meio de uma equipe especializada, a empresa está apta para auxiliar no planejamento e adaptação das ferramentas tecnológicas com base nas necessidades de cada negócio.


As soluções comex da Adejo são desenvolvidas com o objetivo de oferecer suporte às empresas no atendimento das exigências fiscais, tributárias e aduaneiras.

A Adejo também implementa soluções ComexContent e Data Analytics da Thomson Reuters, oferecendo inteligência e tecnologia para toda a gestão. Afinal, somos os principais parceiros da marca no Brasil, com profissionais certificados e com grande experiência em relação as soluções.


Leia Também: Como o setor Fiscal pode obter vantagem com uma solução Cloud.

Quer saber mais sobre sistema para comércio exterior? Entre em contato conosco e conheça as soluções comex da Adejo.


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo