• Conteúdo Adejo

Entenda a importância da automação na gestão de Comércio Exterior

Não há como negar: a tecnologia faz parte da nossa realidade. Atualmente, os mais diversos setores já possuem alguma parte automatizada e essa característica chega até mesmo a consumidores finais, com caixas de supermercados que podem ser operados pelo próprio cliente.



Dessa forma, também é inegável que, com uma maior abrangência de possibilidades nesse setor, a automação no comércio exterior se torne uma realidade cada dia mais próxima e necessária.


A tecnologia na gestão de comércio exterior

Atualmente, o mundo e o mercado são caracterizados pela volatilidade nas relações de consumo, em que clientes não hesitam em trocar de serviço caso o encontrem por valores mais baixos. Outro traço da atualidade é o surgimento constante de novas tecnologias e, com elas, novas tendências de mercado.


Falando de forma mais específica, a implementação de automação no comércio exterior torna-se um diferencial para empresas que se preocupam com isso, o que permite que estas assumam posições mais competitivas em meio a um mercado bastante disputado.


Um exemplo bastante eficiente de automação no comércio exterior é o ONESOURCE Global Trade, definido como uma solução de fato global, capaz de simplificar todos os trâmites da área. Essa solução possibilita que os profissionais do setor trabalhem com maior foco na gestão de operações.


Além disso, o ONESOURCE Global Trade garante mais precisão e eficiência para sua empresa, somado a diminuição de tempo gasto nos processos e a redução de custos.


Vantagens da automação na gestão de comércio exterior

Sem dúvidas, você já conhece e convive com diversos processos digitais ou automatizados. Falando especificamente da automação de comércio exterior, o uso da tecnologia proporciona eficiência e apresenta diversos benefícios, como você verá a seguir.


Redução de gargalos

A automação no comércio exterior apresenta grande eficiência indicando possíveis gargalos nos processos, assim como indica falhas que arriscam o comprometimento de transações e que representam grandes riscos para os resultados da empresa.


Assim, a automação se transforma na protagonista no ajuste dos procedimentos, uma vez que ela inegavelmente minimiza a quantidade de erros humanos, provenientes da necessidade de retrabalho com a digitação de dados, por exemplo.


Empresas com setor de comércio exterior precisam de um olhar extremamente atento a situações de gargalos operacionais, pois as burocracias inerentes aos processos rotineiros tornam a desatenção um fator perigoso, que pode inclusive gerar implicações fiscais e tributárias.


É por isso que a implementação de automação no comércio exterior é importante e indicada nas rotinas de empresas de comércio exterior.


Otimização de recursos

A concorrência na área de comércio exterior, como já pontuamos, é grande e a cada dia torna-se mais intensa. Dessa forma, o interesse em otimizar recursos e processos se faz cada vez mais real e necessário. Uma vez que permite a melhora no desempenho e a redução de custos, a automação de comércio exterior também é indicada para essa finalidade.


A tecnologia da ferramenta ainda consegue atuar sem interferências na qualidade das operações, otimizando recursos e processos, além do controle de transações por fases e status.


Aumento na agilidade

É consenso que transações internacionais são carregadas de burocracias, principalmente fiscais e tributárias. Nesse ponto, a introdução da automação no comércio exterior também é bastante vantajosa, principalmente no que diz respeito ao desembaraço aduaneiro.


Utilizando a tecnologia nesse tipo de processo, sua empresa garante celeridade na logística internacional e em seus processos por conta da segurança e da clareza presentes nas rotinas.


Com isso, todas as atividades são facilitadas e podem ser acompanhadas em tempo real.


Clareza na tomada de decisões

É muito importante que a área de comércio exterior tenha gestores capazes de conduzir processos na melhor forma possível, visando lucros. Porém, manter o controle de todas as operações de maneira coesa e coerente é muito difícil contando com uma gestão unicamente manual.


Assim, a automação no comércio exterior torna-se uma opção viável para garantir a transparência e assertividade nas decisões, possibilitando o foco na visão estratégica, além da otimização da gestão logística.


Ao adotar o uso de sistemas digitais, além de garantir para a gestão uma visão mais ampla do negócio, ainda é possível gerenciar as operações de forma integrada, contando com a visibilidade e clareza de informações e um panorama do ambiente.


Com tudo isso, a tomada de decisão pode ser conduzida com mais facilidade, com uma visão mais inteligente e com menores riscos de erros ou imprevistos.


Saiba mais sobre a automação na gestão de comércio exterior

Todas as vantagens apresentadas indicam uma só direção no caminho: a automação no comércio exterior e nos negócios internacionais.


Para assegurar a administração eficiente e esclarecer todas as suas dúvidas, a Adejo está aqui. Entre em contato conosco agora mesmo e garanta mais qualidade para seus processos de comércio exterior.



32 visualizações0 comentário