top of page

Tecnologia para eficiência logística em Comex

Atualizado: 5 de jun. de 2023



Nos últimos anos o comércio exterior brasileiro tem alavancado grandes valores e cooperado com diversos setores em nossa economia. Segundo dados do governo, março de 2023, comparado a março de 2022, as exportações cresceram 13,6% e somaram US$ 19,76 bilhões e as importações caíram -0,4% e totalizaram US$ 12,84 bilhões. Assim, a balança comercial registrou superávit de US$ 6,92 bilhões, com crescimento de 53,8%, e a corrente de comércio aumentou 7,7%, alcançando US$ 32,60 bilhões.


O aumento nas vendas dos produtos nacionais para demais países foi puxado pelo agronegócio, grande vitória para nosso setor que sempre foi um marco do Brasil nos negócios mundiais.

E para alcançar esses números e suprir toda a demanda, uma questão muito importante precisa ser observada refere-se ao setor de tecnologia.

Fato que tais números seriam dificilmente atingidos com ausência ou baixo investimento tecnológico, não apenas por parte do governo, mas na cadeia que tange todo a área de Comex.


Podemos observar uma grande necessidade de cada vez mais as empresas estarem up-to-date com as novidades do setor de infraestrutura e informática em geral.

Tais novidades e tendências, por assim dizer, envolvem inteligência artificial como chatgpt, Google AI, Pinpoint, ferramentas de rastreabilidade de mercadoria, armazenamento de dados em nuvem, Cloud, coleta e análise de dados em tempo real, business intelligence, acesso a informações de forma rápida e estratégica, mobile app, compliance, LGPD, flexibilidade e entre outros.


Isso afeta toda a linha de trabalho do comércio exterior, desde o produtor, fabricante do insumo, o qual pode fazer a importação da matéria-prima para fabricação do produto final, bem como, o transportador da carga, o responsável pelo desembaraço da mercadoria, o fiscal da empresa responsável por estar atualizado com as normativas legais vigentes, a área tributária afinal precisam prestar conta ao fisco e aqui sabemos que existem uma série de dados e datas a serem cumpridas a fim de fazer esta prestação de contas, o agente de carga, a documentação junto a receita federal brasileira, enfim, são muitas empresas e setores envolvidos que precisam estar conectados as novidades tecnológicas.


E segundo estudos, ainda existem diversas empresas que investem pouco em tecnologia, e aqui estamos abordando toda a cadeia do setor de comércio exterior, e muitas vezes para se “movimentarem tecnologicamente” é necessário um gatilho ou um fato que cause prejuízo.


Exemplo disso são os roubos de carga, onde numa pesquisa rápida referente a este item, houve um período no Brasil onde uma carga era roubada a cada duas horas, e nesta época caracterizou um prejuízo financeiro certa de 30% atingindo cifras acima de R$ 100 milhões de reais.


Dados atuais demonstram que as cargas transportadas pelas rodovias, correspondem 71% das ocorrências e o Brasil ainda é o país com grandes problemas neste ponto.


A pergunta que surge ao leitor quando toma conhecimento de um dado como esse é, como evitar ou pelo menos minimizar que isso ocorra?


Podemos responder com outra pergunta esse item, com “quem” as empresas têm feito negócios, ou ainda, quem são seus parceiros de logística? Como estão sendo feitas as pesquisas para incluir um novo parceiro de negócio na operação?


A empresa que está fazendo a importação de uma mercadoria ou a venda dela para outro país, precisa conhecer quais e quem são as empresas que fazem parte do seu fluxo corporativo, é necessário ter o conhecimento que a empresa que irá fazer o transporte ou a coleta da mercadoria é uma empresa idônea, e que seus responsáveis não estão envolvidos em fraudes, ou com trabalhos “escravos”, por exemplo. Será que a empresa que está providenciando o despacho da mercadoria é uma empresa que confiável e que não está envolvido com esquemas de corrupção.


Enfim, esses são alguns exemplos que poderiam ser evitados com o uso de um software de mercado que forneça dados do tracking da mercadoria, e nos casos de conhecer a reputação da empresa que faz parte da cadeia logística, é necessária uma constante verificação daquela empresa, e isso não é uma tarefa simples a ser feita manualmente, e por isso é necessário o uso de um sistema que possa fornecer esses dados em tempo real.


Outro dado analítico de extrema importância é quanto a incidência de multas no desembaraço aduaneiro. Segundo dados estatísticos, em 2022, a arrecadação federal com as remessas internacionais foi de R$ 1.502.847.176, um crescimento de 11,39% em relação ao valor recolhido em 2021 e tais dados consideram os impostos e as multas recolhidas em vista do despacho utilizando DIR registrada no Siscomex Remessa. Ainda demonstrando os dados de 2002, foram enviados 108 comunicados para autorregularização, o que gerou recolhimento de R$ 5.373.412,64. Os comunicados enviados possibilitaram que as empresas, em cujas declarações de importação foram identificados possíveis equívocos de preenchimento, corrigissem o erro antes do início de um procedimento fiscal. Caso o erro fosse identificado no curso de uma fiscalização, acarretaria pagamento da multa de 50%.


Claro que poderíamos citar diversos fatos para este tema, entretanto um dos pontos de maior relevância é a questão das classificações fiscais das mercadorias. Não é uma tarefa simples, exige muita informação técnica, legal e fiscal para uma correta classificação, muitas vezes consultas públicas, amparos legais por meio da justiça e entre outros, mas obviamente que sem uma ferramenta que auxilie nessa classificação este trabalho fica muito mais lento e com alto risco de ter falhas.


Poderia descrever diversos outros fatores que impactam a todos que participam de um processo de logística internacional e com isso geram a necessidade do uso de sistemas atualizados.


As empresas, as pessoas de forma geral, possuem uma caraterística muito em comum, que é o de se movimentar por conta de uma “dor” e normalmente estas no que lhe concerne, acabam perdendo oportunidades ou deixando de atingir suas metas e aumentar seu Market Share, por não estarem atualizadas com as tendências, novidades tecnológicas e claro por não investirem nesse ponto.


Uma citação que vale a pena ser lembrada, foi dita por Steve Jobs em 20/10/2017.

“A tecnologia move o mundo", esta frase faz alusão ao importante impacto que a tecnologia causa para a população, com avanços meritórios na área digital e trazendo transformações significativas para toda a sociedade.

Desta forma não significa que ausência da tecnologia em um determinado setor, ou área que envolve a operação de Comex no dia a dia é a uma tecnologia inexistente, na realidade existe a necessidade de se buscar talvez mais de uma ferramenta para que em conjunto possam fornecer uma massa de dados e assim realizar conexão de ponta a ponta do processo da empresa.


A busca da evolução de qualquer empresa, da melhor tecnologia, ou da mais adequada, é vital e de extrema importância para os indivíduos que estão na operação, mas também para que a empresa possa se tornar mais competitiva, e isso precisa partir de todos que estão envolvidos no processo, é preciso buscar conhecer as ferramentas de mercado que irão trazer agilidade, segurança, assertividade nos cruzamentos dos dados para operação de comércio exterior na totalidade. Conhecer e observar esse “tracking logístico” dentro da empresa e atuar de forma em que cada área se mova para buscar a melhor e viável tecnologia que irá suprir a necessidade é dar um passo à frente da concorrência e é claro oferecer os melhores serviços aos clientes.

Por fim, nas próximas publicações pretendo trazer algumas destas tecnologias que estão fazendo parte do processo logístico todo, mas também alguns insights para ajudar aqueles que buscam esse tipo de conteúdo para companhia o qual estão inseridos.


Saiba como a Adejo pode te ajudar com as soluções de COMEX:


A Adejo oferece alto padrão em soluções para Comércio Exterior, com uma equipe especializada pronta para adaptar as ferramentas ideais à realidade do seu negócio. Simplificação, otimização, compliance e melhor governança dos processos para que sua empresa evolua em transações globais.






43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page